Não informado

Conselho dos royalties: recursos são liberados para importantes obras

Em discurso na Tribuna Popular da Câmara, Hoover Gilson César, presidente do Conselho dos royalties, explicou como e quais são as prioridades de investimentos

star224

Por Silvia Goulart - ImppactMidia, fonte Câmara de Iúna
Publicado em 30/05/2019 as 19:07  •  atualizado há 17 horas

Para explicar à população sobre como são realizadas as análises e os procedimentos realizados pelos membros da Comissão dos Royalties para a destinação dos recursos à administração municipal, o diretor do Conselho, Hoover Gilson Cesar, usou a Tribuna Popular da Câmara no dia 17 de maio.

De acordo com Hoover, de janeiro a abril de 2019 o município recebeu R$ 750,6 mil dos royalties do petróleo. Os recursos são provenientes da receita de royalties que o Espírito Santo recebe como compensação financeira pela exploração do petróleo e do gás natural no litoral capixaba. 

“Hoje, estamos com saldo de R$ 3,5 milhões acumulados. O conselho liberou o uso da verba para custear as seguintes obras: contrapartida de convênios para construção da quadra da escola de Santa Clara do Caparaó (R$ 350 mil), para obra de pavimentação no entorno da Faculdade Doctum (R$ 296 mil), para a construção de calçadão e ponte no bairro Guanabara (R$ 300 mil), construção do cemitério municipal (R$ 500 mil), construção de calçadão entre a empresa Iúna Bebidas e o distrito de Nossa Senhora das Graças (R$ 520 mil), contratação de serviço de mão de obra para calçamento das comunidades de Terra Corrida, Boa Sorte e Rio Claro (R$ 263 mil), entre outras”, explicou Hoover.

Desde a sua criação em 2006, o conselho tem aprovado a utilização dos recursos em diversas áreas no município. “Já usamos recursos para a construção de praças, para a compra de duas ambulâncias, destinamos mais de R$ 1 milhão em subvenções para a Santa Casa, para construção do Centro de Material Esterilizado da Santa Casa, para pavimentação de várias ruas, e para construção de oito casas populares e de pontes, compras de lixeiras, reformas de escolas, entre tantas outras obras”, completou Hoover Gilson Cesar.

O Conselho de Administração do Fundo das Desigualdades Sociais (Conselho dos Royalties) tem como função fiscalizar a aplicação dos recursos, realizar avaliações, definir aplicabilidade em consonância com a legislação vigente, enviar relatório sobre aplicação dos recursos.

Ainda de acordo com Hoover Gilsn Cesar, o conselho é composto por seis pessoas: dois representantes da sociedade civil, um representante da OAB, e três representantes do Poder Executivo Municipal.

“Nós estamos passando por uma fase boa no município para beneficiar as comunidades. As verbas estão disponíveis para fazermos obras. Pedimos que o Executivo cobre prioridade nos projetos para que cheguem ao Legislativo sem erros e em tempo hábil para votação e para, finalmente, beneficiar a comunidade iunense”, analisou o presidente do Conselho.

Fotos

Conselho dos royalties: recursos são liberados para importantes obras

Presidente do Conselho dos royalties, Hoover Gilson César

https://w3go.me/cbj9q

Publicações relacionadas

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Transporte de estudantes da zona rural ainda é ineficiente Estudantes moradores da região do Lar dos Velhinhos ainda estão sem transporte há 2 meses  •  Não informado

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Escola em Bonsucesso Projeto de Lei denomina “Escola Municipal de Ensino Fundamental Evaldia Rosa de Almeida” a unidade de ensino da localidade de Bonsucesso há 3 meses  •  Não informado

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Vereadores solicitam apuração do MP sobre denúncia de possível “sabotagem” em edital para licitação de transporte Estudantes da zona rural estão há semanas sem ir à escola, após contrato emergencial dos serviços de transporte escolar ter chegado ao final. Prefeitura deverá fazer novo contrato emergencial há 3 meses  •  Não informado

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Transporte de lixo Parlamentares solicitam cobertura para caminhão de transbordo há 4 meses  •  Não informado

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Obra de construção de passarela causa dano nas margens do Rio Pardo Área de preservação de árvores nativas, mantida pelos Amigos do Verde, é retirada das margens do Rio Pardo para construção de passarela que dará acesso ao Parque de Exposições há 4 meses  •  Não informado

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Suplente do vereador Júlio Maria Oliveira tomou posse na última quinta-feira (30) Vereador Marco Antônio Sonsim, que também é procurador da Câmara de Iúna, ocupará o cargo por 90 dias há 6 meses  •  Não informado

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Conselho dos royalties: recursos são liberados para importantes obras Em discurso na Tribuna Popular da Câmara, Hoover Gilson César, presidente do Conselho dos royalties, explicou como e quais são as prioridades de investimentos há 6 meses  •  Não informado

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Parlamentares aprovam projetos para investimentos de R$ 3,5 milhões para obras em Iúna Reforma da Rodoviária, construção de creche e posto de saúde contam com verbas autorizadas para investimento há 6 meses  •  Não informado

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Parlamentares analisam perda de recursos para o município De acordo com os parlamentares, falta planejamento da administração municipal quanto à aplicação dos recursos recebidos dos governos estadual e federal há 6 meses  •  Não informado

Transporte escolar ineficiente na zona rural

Noticia Inscrições abertas para obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Programa CNH Social oferecerá 5 mil vagas. As inscrições devem ser feitas exclusivamente no site do Detran, até o dia 15 de maio há 7 meses  •  Não informado

Aguarde, enviando dados!

clear