Notícias Geral

Vereadores buscam informação e discutem atividade da equipe de Jiu Jitsu na cidade

Os parlamentares esclareceram dúvidas sobre o episódio envolvendo o Poder Executivo e equipe responsável pela prática no município e se colocaram à disposição para acompanhar o caso

297

Por Assessoria de Comunicação, fonte Câmara Iúna
Publicado em 25/02/2021 às 10:49  •  atualizado há 1 dia

O assunto mais comentando em Iúna, na última semana, foi a situação da equipe de Jiu Jitsu, que treinava no parque de exposições, segundo a Prefeitura de forma irregular. Na pauta dos vereadores o assunto também foi o destaque, durante sessão ordinária, no último dia 18. Todos os parlamentares se colocaram à disposição para resolver o assunto e garantir a prática da modalidade esportiva no município.

Conforme foi informado pelos vereadores, dados divulgados por meio da Prefeitura de Iúna, um processo de auditoria instaurado pela Controladoria Geral do Município sob o número 000278/2021 - Interno, e após o colhimento de declaração espontânea do Sr. Felipe Heringer Alcure Quarto, no dia 15 de janeiro de 2021, concluiu-se que há uso de bem público por particulares para o funcionamento de academia de Jiu-jitsu; que a cessão do bem público se deu sem qualquer formalização e sem definição de responsabilidades; que o Ex-Prefeito Weliton Virgílio Pereira foi o responsável pela cessão irregular do bem público; que a cessão foi gratuita; que devido à ausência de responsabilidades, o Município é a responsável pelo pagamento de taxas de água e energia elétrica do local; que a cessão ocorreu às vésperas da eleição, em período de campanha. Diante das situações comprovadas, a Controladoria encaminhou ao Prefeito as seguintes providências: Encaminhamento dos autos ao Prefeito Municipal para deliberação acerca da desocupação do local e providências posteriores que entender cabíveis; II - Encaminhamento de cópia dos autos ao Ministério Público estadual para providências que entender cabíveis.

A Prefeitura ainda declarou aos desportistas que o município apoia toda prática esportiva e que após conclusão da formalização da referida associação, o município se coloca à disposição para estabelecer nova parceria de forma legal e em local apropriado pela mesma.

Diante das providências apresentadas pelo Poder Executivo, os vereadores do Município se manifestaram sobre a situação colocando à Câmara de Vereadores à disposição para acompanhar e ajudar a resolver nos procedimentos que irão definir a situação dos desportistas.

Confira o que disseram os vereadores sobre  o caso:

Presidente da Câmara Edson Marcio de Almeida (MDB)

“Foram vários comentários: era política, não era política, perseguição. Nós aqui na Câmara somos um só, nosso sucesso aqui é a nossa união. Eu não quero que o Jiu Jitsu, pare. E não quero que isso vire um movimento político. A Prefeitura buscou esclarecer a situação e fazer tudo dentro da legalidade e o Poder Executivo já se colocou à disposição para resolver a situação e temos a certeza que jamais nossos moradores e desportistas serão prejudicados, ou seja, foi cumprida uma ordem da Controladoria. O que estava errado tem que ser resolvido. No momento que não notificou o Jiu Jitsu errou, a equipe esportiva errou também por ter entrado num espaço sem ter um documento comprovando a legalidade. O que queremos hoje é legalizar o ato. Isso vai ser resolvido, ninguém vai tirar o direito de se fazer um trabalho legal. Peço desculpas para equipe pelo ocorrido, mas tudo vai ser resolvido, com diálogo, e não deixem que essa situação se torne um ato político”.

Leonardo da Costa Oliveira (PV)

“Infelizmente a situação virou uma polêmica, mas está faltando esclarecimento sobre o que ocorreu. Quando essa equipe foi utilizar aquele espaço era período eleitoral e, então, não poderia fazer a cessão do espaço, mas não houve uma forma de fazer política com isso. Teve um diálogo entre Prefeitura e a equipe do Jiu Jitsu sobre a situação. O incentivo da administração é essencial para que a prática esportiva seja realizada, então, o dialogo é necessário, é de extrema importância o incentivo por parte do Executivo para que esses atletas sigam mantendo a modalidade no município. A prefeitura precisa do espaço, mas errou ao não notificar a equipe, a forma como pediram para que eles saíssem do local. O que eu peço a administração que reveja essa situação apoie aquela equipe, e não deixem essa prática ficar desemparada no nosso município”.

Helton Amorim Cunha (PL)

“Ficou claro que faltou diálogo entre equipe do Jiu Jitsu e a Prefeitura. Eu acho que essa situação vai ser revertida. Todos farão o que for melhor para garantir a prática da modalidade no município. Erraram ao não notificarem a equipe, mas sim é necessária a regularidade da situação. Esperamos mesmo a continuidade do trabalho dessa equipe em Iúna”.

Valci de Paula Montoni (Progressitas)

“Vimos que se tornou uma situação delicada para ambas as partes. Mas essa Casa de Leis já se colocou à disposição para contribuir na solução deste problema. Temos certeza que ninguém ficará desemparado e tudo será feito como regularidade e contribuindo para o crescimento esportivo da cidade. Estou à disposição para ajudar”.

Matheus Fonseca de Souza (PV)

“Como os nossos colegas vereadores falaram existe uma situação, dois lados, e acho que tudo foi bem exposto aqui hoje para que a população iunense saiba o que realmente aconteceu. É necessário o diálogo para resolver e a união de todos em prol de um bem para a sociedade, com toda certeza, vai ser resolvida e ainda teremos o crescimento, o avanço da modalidade na nossa cidade”.

Jonathan Bonfante Moreira (PDT)

“Somos 11 vereadores e todos nós estamos trabalhando para melhorar nossa cidade. Então uma demanda esportiva como essa depende apenas de um bom diálogo e que as ações práticas necessárias sejam efetivas. A caminhada precisa ser entre Poder Legislativo, Executivo e sociedade, então essa será mais uma demanda que pode ser resolvida a favor de todos”.

Geovan Furtado dos Reis (Progressistas)

“Há décadas o esporte não é respeitado. E sabemos que a prática esportiva precisa ser respeitada. A prática contribui no desenvolvimento de crianças e jovens e muitas das vezes estamos perdendo nossos adolescentes para o mundo da marginalidade, das drogas, da violência. O esporte no nosso município, não só o Jiu Jitsu, não pode ser negligenciado e precisa de mais atenção, obviamente dentro da legalidade.”

Emmanuel Garcia de Amorim (Republicanos)

“Título de utilidade pública precisa ser aprovado pela Casa de Leis então deixo essa dica para a Associação do Jiu Jitsu, não sei como eles trabalham, mas o que eles não podem de fato, é usar um espaço publico para fins lucrativos. Mas, se eles estão usando o espaço para ministrar aulas voluntariamente, apenas incentivando a prática esportiva é necessário e válido para o nosso município fomentar essa discussão”.

Fotos

Vereadores buscam informação e discutem atividade da equipe de Jiu Jitsu na cidade

https://camaraiuna.es.gov.br/noticia/2021/02/vereadores-buscam-informacao-e-discutem-atividade-da-equipe-de-jiu-jitsu-na-cidade.html

Publicações relacionadas

Análise de solo

Noticia Projeto garante menores taxas de serviço de análise de solo para agricultores contribuintes Câmara aprovou projeto que garante ao agricultor usufruir de até 10 laudos por ano, a uma taxa base de 3VRTEs (aproximadamente R$ 3,6) há 1 dia  •  Notícias Geral

Análise de solo

Noticia Professores e servidores da Educação Municipal poderão utilizar o transporte escolar Projeto aprovado pela Câmara altera Lei do município, permitindo a utilização do transporte público escolar por servidores da Educação há 1 dia  •  Notícias Geral

Análise de solo

Noticia Vereadores de Iúna aprovam 7 projetos de Lei durante 25ª Sessão Ordinária No total foram aprovados mais de R$ 1,5 milhão que serão utilizados na recuperação de estradas rurais, pavimentação asfáltica, construção de muro de arrimos, desassoreamento do Rio Pardo, entre outros. há 3 dias  •  Notícias Geral

Análise de solo

Noticia Projeto que cria Fundo Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental é aprovado Com parecer favorável das comissões pertinentes e Procuradoria, com duas emendas sendo uma supressiva e modificativa, os vereadores do Município aprovaram por unanimidade a matéria. há 22 dias  •  Notícias Geral

Análise de solo

Noticia Câmara de Iúna aprova seis Projetos de Lei Vereadores aprovaram projeto de doação de terreno para a construção da 16ª Subseção da OAB com sede em Iúna. Um valor total de R$ 4,5 milhões em créditos suplementares também foi aprovado para execução das atividades do Poder Executivo há 1 mês  •  Notícias Geral

Análise de solo

Noticia Vereadores aprovam dois projetos de Lei durante 21ª Sessão Ordinária do ano Com a presença de todos os vereadores, foram aprovados por unanimidade dois Projetos de Leis, um de autoria do Poder Executivo e o segundo de autoria do Poder Legislativo. há 1 mês  •  Notícias Geral

Análise de solo

Noticia Audiência Pública A Câmara Municipal de Iúna irá realizar no próximo dia 13 de agosto, sexta-feira, uma Audiência Pública, a partir das 18h, no Plénario Vereador Veredino Cândido de Almeida. há 1 mês  •  Notícias Geral

Análise de solo

Noticia Câmara aprova suplementação de 1 milhão para adequação do orçamento O Projeto de Lei nº 26/2021 foi aprovado, na noite dessa terça-feira (3), durante a realização da 6ª Sessão Extraordinária da Casa. há 1 mês  •  Notícias Geral

Análise de solo

Noticia Vereadores aprovam dois projetos de Lei durante a 20ª Sessão Ordinária Na ordem do dia o projeto 25/2021 que tem o intuito de permitir a utilização do Transporte Escolar Público por professores e demais servidores do ensino Municipal foi retirado da pauta. há 1 mês  •  Notícias Geral

Análise de solo

Noticia Câmara de Iúna realiza solenidade em homenagem ao dia da Consciência Evangélica A solenidade contou com a presença de pastores e fiéis de diferentes denominações religiosas e autoridades municipais. há 2 meses  •  Notícias Geral

Aguarde, enviando dados!

clear

Este website utiliza cookies para reconhecer você e te entregar a melhor experiência possível. Clicando no botão ACEITAR ou continuar navegando, você declara estar ciente destas condições.

aceitarpolítica de privacidade