Notícias - Geral

Projeto do Executivo que reduz orçamento da Saúde para custear transporte escolar recebe críticas dos parlamentares

Em sessão extraordinária, os vereadores aprovaram o projeto que autoriza o Executivo a abrir crédito adicional suplementar de R$ 1 milhão na Educação, mas criticaram falta de planejamento

star306

Por Silvia Goulart - ImppactMidia, fonte Câmara de Iúna
Publicado em 08/07/2019 as 20:59  •  atualizado há 6 horas

Gerou discussão em plenário o projeto de Lei do Poder Executivo que retira R$ 600 mil do orçamento da área da Saúde, especificamente da Santa Casa, além de outros R$ 400 mil de secretarias de obras e de outros serviços, para custear o pagamento do transporte escolar, estimado em R$ 1 milhão. O projeto foi aprovado em sessão extraordinária por sete votos favoráveis.

A medida foi adotada pela administração municipal devido ao processo de licitação do transporte escolar não ter sido realizado no prazo. Caso não fosse aprovado o projeto, centenas de estudantes ficariam sem transporte no segundo semestre letivo.

“Aprovamos o projeto, que retira R$ 600 mil do hospital. Votei com o coração na mão, mas aprovamos porque um gestor irresponsável não conseguiu fazer licitação para contratar o transporte escolar”, comentou o vereador Paulo Henrique Leocádio da Silva.

“A Santa Casa precisa de recursos. É preciso discutir essa questão melhor, porque não é justo retirar orçamento da Saúde. Para mim, é preciso avaliar outros meios para conseguir recursos para o transporte escolar. Os secretários são responsáveis pelo planejamento das suas pastas”, comentou o vereador Darlan Barglini.

Os vereadores discutiram ainda sobre a justificativa dada pelo gestor do município à imprensa e à população, dizendo que o objetivo do projeto é retornar para a Educação os recursos que os vereadores teria retirado para outras emendas parlamentares no final do ano passado.

“Já estamos cansados dessa conversa de não ter dinheiro para exame médico, para consulta e ainda colocarem a culpa nos vereadores. A saúde de Iúna tem uma secretária. E essa administração continua culpando os vereadores por tudo, inclusive pelo mau planejamento do Executivo”, analisou o vereador José Marcos de Moraes.

Os vereadores esclareceram ainda que das emendas que fizeram no final do ano passado, não houve retirada de receita da Educação, conforme afirma o chefe do Poder Executivo e sim das fichas de obras, de transporte e dos royalties do petróleo.

“Não é verdade que retiramos orçamentos de fichas orçamentárias da Saúde ou da Educação para outros fins”, esclarece o vereador Marco Antônio Sonsim de Oliveira.

Acompanhe as sessões da Câmara e os discursos dos parlamentares pelo portal www.camaraiuna.es.gov.br.

 

O que dizem os vereadores

“Para mim, é preciso avaliar outros meios para conseguir recursos para o transporte escolar. Os secretários são responsáveis pelo planejamento das suas pastas”, Darlan Barglini.

“Votei com o coração na mão, mas aprovamos porque um gestor irresponsável não conseguiu fazer licitação para contratar o transporte escolar”, comentou o vereador”, Paulo Henrique Leocádio da Silva.

“Já estamos cansados dessa conversa de não ter dinheiro para exame médico, para consulta e ainda colocarem a culpa nos vereadores. A saúde de Iúna tem uma secretária”, José Marcos de Moraes.

“Não é verdade que retiramos orçamentos de fichas orçamentárias da Saúde ou da Educação para outros fins”, Marco Antônio Sonsim.

“Sem dotação não tem como contratar o transporte escolar. Isso não quer dizer que a Santa Casa ficará sem recursos, a administração vai sanar esse orçamento depois”, explicou o vereador Everaldo Pereira Sales.

“Eu entendo a situação da Santa Casa, porém eu quero arriscar em ajudar a Educação. Nós vamos ter um caos nessa licitação do transporte escolar, por ser no meio do ano. Além disso, será que terão empresas para participar da licitação?”, analisou o vereador Rogério César.

“Eu entendo que são duas secretarias que necessitam muito de recursos. Mas acho que a aprovação da suplementação para a Educação é urgente. Até mesmo o Conselho de Saúde é favorável a isso”, afirmou o vereador Emmanuel Garcia Amorim.

Fotos

Projeto do Executivo que reduz orçamento da Saúde para custear transporte escolar recebe críticas dos parlamentares

Projeto destina recursos para transporte escolar

https://w3go.me/cbjHH

Publicações relacionadas

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Saúde: campanha busca imunizar mais de 9 milhões de jovens contra o sarampo Foco da 2ª fase da campanha, que vai até o dia 30 de novembro, é a população com idade entre 20 e 29 anos há 7 horas  •  Notícias - Geral

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Por dentro do Legislativo: estudantes do Ensino Fundamental em visita à Câmara Projeto pedagógico da Escola Dr. Nagem Abikahir desenvolve atividades para aproximar os jovens dos assuntos políticos, sociais e econômicos da região onde vivem há 7 dias  •  Notícias - Geral

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Noite de homenagens: parlamentares entregam títulos de Cidadão Iunense a 13 personalidades Durante a Sessão Solene também foram entregues os títulos de Cidadão Iunense Ausente e de Comenda Parlamentar do Rio Pardo a outros cidadãos que se destacam em suas áreas de atuação há 19 dias  •  Notícias - Geral

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Recursos de R$ 290 mil para festa em comemoração ao aniversário de emancipação de Iúna são aprovados Projeto gerou discussões na Câmara. De acordo com o documento do Poder Executivo, os valores se originam dos recursos dos royalties do petróleo há 1 mês  •  Notícias - Geral

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Vereadores analisam situação sobre a volta do serviço de transporte escolar Durante reunião na Câmara, os parlamentares solicitaram ao secretário de Educação informações sobre a reposição das aulas perdidas pelos estudantes no período da interrupção do serviço no município há 1 mês  •  Notícias - Geral

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Casa de Apoio: parlamentares reforçam solicitação de conserto de muro De acordo com os vereadores, o muro caiu e ainda corre risco de desabamento há 1 mês  •  Notícias - Geral

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Segurança pública: vereadores solicitam finalização da reforma da delegacia de Iúna Falta de serviço de guincho e de um pátio credenciado para veículos apreendidos no município também estiveram na pauta de discussões há 1 mês  •  Notícias - Geral

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Transporte para estudantes e para pacientes em tratamento de saúde: parlamentares denunciam falhas nos serviços O transporte de estudantes da zona rural ainda está deficitário. Vereadores também encaminharão denúncia ao MP sobre falta do serviço de deslocamento de um paciente da Serrinha e de estudante da Apae há 1 mês  •  Notícias - Geral

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Em reunião, vereadores e secretaria de Educação analisam situação sobre a retomada do serviço de transporte escolar Durante conversa na Câmara Municipal, parlamentares solicitaram informações sobre a reposição das aulas perdidas pelos alunos no período da interrupção do serviço de transporte escolar no município há 2 meses  •  Notícias - Geral

Segunda fase da vacinação contra do sarampo - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Noticia Projeto autoriza contratação de engenheiro civil Profissionais serão contratados por tempo determinado de até 6 meses há 2 meses  •  Notícias - Geral

Aguarde, enviando dados!

clear